Após 13 cobranças de pênaltis, Itamarati garante vaga na final do Ipatinguense Juvenil

As equipes do Novo Cruzeiro e Itamarati se enfrentaram neste domingo, no Ferreirão, pelo jogo de volta da semifinal do Campeonato Ipatinguense Juvenil. O Novo Cruzeiro precisava vencer o jogo, para forçar a disputa de pênaltis, e assim fez, venceu o jogo por 2 a 1. Como o Itamarati venceu o jogo de ida, por 1 a 0, a decisão do finalista foi para as penalidades máximas. Após 13 cobranças de cada lado, o Itamarati garantiu a vaga na final, ao vencer por 11 a 10.

O jogo começou bem pegado, no inicio muitos passes errados de ambas as equipes, mas durante o jogo foram se acertando. O Novo Cruzeiro abriu o placar com Vitor Djean no primeiro tempo. No segundo, Vitor marcou novamente e ampliou o placar. Pouco depois, o Itamarati diminuiu, mas não conseguiu evitar a derrota.

Nas penalidades, todos os jogadores fizeram a cobrança até repetir a série, chegando à 13ª. E Vitor Djean, foi de herói a vilão, no jogo. O meia, que marcou os dois gols no tempo regulamentar, errou a última penalidade, que culminou na eliminação do Novo Cruzeiro.

Na final, o Itamarati enfrentará a Usipa, que eliminou o Jabaquara. A data e local do primeiro jogo da final, será definida pela LDI, no decorrer da semana.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Comentários