Brasil começa bem no futebol e vence a China por 3 a 0

A torcida compareceu, apoiou e a seleção feminina de futebol do Brasil correspondeu. Primeira equipe do país a entrar em ação no Rio 2016, o time comandado pelo técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, estreou com vitória nos Jogos Olímpicos ao derrotar a China por 3 a 0, na tarde desta quarta (3), no Estádio Olímpico, o Engenhão.

Vice-campeão Olímpico em Atenas 2004 e Pequim 2008, o Brasil atuou de forma ofensiva e dominou o jogo desde o início. A equipe conseguiu superar a defesa chinesa pela primeira vez aos 36 minutos do primeiro tempo, quando a zagueira Mônica aproveitou rebote de falta cobrada na área e tocou de cabeça, no canto direito, para abrir o placar.

No segundo tempo, aos 14, Marta foi lançada pela direita, invadiu a área e cruzou para Andressa Alves, livre, marcar o segundo.No último minuto de jogo, após nova cobrança de falta, Cristiane, maior artilheira da história dos Jogos, subiu mais que defesa chinesa e desviou para o fundo das redes.

Com três pontos, o Brasil se iguala à Suécia, que também estreou com vitória, na liderança do Grupo E. A duas equipes se enfrentarão no sábado (6), no Estádio Olímpico, às 22h. Nos mesmos dia e local, a China joga contra a África do Sul, às 19h.

Canadá vence com gol relâmpago

Foto: Getty Images/Alexandre Schneider

Na Arena Corinthians, em São Paulo (SP), o Canadá também estreou com vitória. Medalhista de bronze em Londres 2012, a equipe derrotou a Austrália por 2 a 0 e assumiu a liderança do Grupo F.

As canadenses abriram o placar com o gol mais rápido da história do torneio feminino de futebol dos Jogos Olímpicos. Logo em seu primeiro ataque, com o relógio marcando 19 segundos, a atacante Janine Beckie recebeu cruzamento na área e marcou.

Na segunda etapa, mesmo com uma jogadora a menos (a zagueira Shelina Zadorsky foi expulsa), as canadenses conseguiram ampliar. Aos 34, em rápido contra-ataque, Christine Sinclair foi lançada, driblou a goleira Lydia Williams e tocou para o gol vazio.

Foto: Getty Images/Buda Mendes

Comentários