Buscando valorizar a base, Liga Caratinguense de Desportos tem novos desafios pela frente


O presidente da LCD, Marcelo Cruz, fará algumas mudanças na entidade durante sua gestão. Foto: Álbum pessoal

A nova diretoria da Liga Caratinguense de Desportos (LCD) tem um grande desafio pela frente: resgatar a história do esporte caratinguense. No futebol da cidade, já passaram vários atletas que se destacaram, entre eles Cezar, Nélio, Jones Carioca e Marcelo Alves. Agora, com nova gestão, comandada por Marcelo Cruz, a entidade pretende dar novos rumos ao futebol caratinguense, priorizando a base.

Segundo o presidente da LCD, Marcelo Cruz, a entidade quer atender da melhor forma todas as equipes e dar destaque a base. “Nossa prioridade é o retorno imediato e reestruturação dos campeonatos de base, desde a categoria Sub-9 até a Sub-20, pois há muitos anos as gestões passadas esqueceram de priorizar a base e assim nossos talentos não se formaram. Hoje sentimos a falta de renovação do nosso futebol”, disse.

Marcelo destaca, que houve duas reuniões clubes e os mesmos demonstraram enorme interesse na renovação do futebol local, com isso dará mais força para os projetos de reorganização. “Em abril iniciaremos o Regional de Base. O que nos deixa tranquilos e satisfeitos foi a presença de mais de 16 clubes, que demonstraram interesse na disputa, que será desde a categoria Sub-11 até a Sub-17. E claro, vamos manter a qualidade de nosso Campeonato Regional Amador (adulto), porém com mudanças previstas”, explicou.

De acordo com Marcelo, a nova diretoria voltará com os campeonatos principais como o Regional de Base, o Regional Amador e o Máster.

Adequação financeira
Para Marcelo, o futebol amador vive enormes chances de acabar, caso os clubes não passem ser além de times, serem empresas, e aprenderem a gerenciar custos e investirem em categorias de base para formação de atletas. “Muitos clubes vivem em dependência total das ligas e os diretores de clubes tem que entender que a liga é apenas a gestora do futebol. A força de uma liga organizada são clubes organizados. Nossa diretoria trabalhará para aumentar a receita da entidade e isso nos dará sustentação para trabalhar com responsabilidade e equilíbrio fiscal. Para isso, a LCD criará caminhos alternativos para a organização do desporto, colocando em prática o projeto de ajuste fiscal, ou seja, não gastando mais além do que arrecada”, comentou.

Processo de informatização
A partir do mês de  abril, a entidade contará com site oficial e terá incluso seu portal de transparência, além de informações úteis da LCD e estreitamento da relação da Liga com o público externo.

Também será implementado um sistema que fará o sorteio de todos os jogos, elaborará tabelas, disponibilizará súmulas junto com os horários de jogos e respectivamente seus resultados junto com a classificação, incluindo estatísticas e transferências.

As inscrições de atletas, segundo Marcelo, após a implementação do sistema poderão ser feitas online, assim como são feitas na Federação Mineira de Futebol.

Outro trabalho importante que está sendo feito é a restauração de documentos antigos para assegurar a memória esportiva da cidade.

Comentários