Chocolate alvinegro! Galo goleia Villa Nova por 7 a 2

Fotos: Bruno Cantini
Fotos: Bruno Cantini/Atlético

O Atlético garantiu presença nas semifinais do Campeonato Mineiro ao golear o Villa Nova por 7 a 2, na tarde deste sábado, no Mineirão, com grande atuação de toda a equipe. Os gols foram de Robinho (3), Lucas Pratto (2), Júnior Urso e Rafael Morisco (C). Pelo Villa Nova descontaram Mancini e Soares.

O JOGO

Logo no primeiro ataque, Clayton cruzou pela direita, Lucas Pratto passou pela bola e o goleiro Thiago Leal quase foi surpreendido, mas conseguiu fazer a defesa, colocando para escanteio pelo lado esquerdo do ataque atleticano.

Aos 54 segundos, Robinho fez a cobrança do escanteio e Júnior Urso foi lá no alto para cabecear e abrir o placar no Mineirão: Galo 1 a 0.

Aos nove minutos, Marcos Rocha cruzou pela direita, Lucas Pratto escorou de cabeça e Robinho cabeceou para fora. O time de Nova Lima fez sua primeira tentativa na conclusão de Thiago Silvy, para fora.

Aos 16 minutos, Uilson fez boa defesa em nova finalização de Thiago Silvy. Em seguida, o goleiro atleticano voltou a trabalhar fazendo defesa em dois tempos no chute de Fábio Júnior.

O Galo quase marcou o segundo gol aos 19 minutos, quando Lucas Pratto recebeu excelente passe de Clayton e concluiu em cima do goleiro.

Aos 20 minutos, Douglas Santos foi à linha de fundo pela esquerda, fez o cruzamento e a bola desviou no zagueiro. Na sequência do lance, o goleiro fez a defesa parcial e Robinho pegou o rebote para ampliar o marcador: Galo 2 a 0.

O domínio atleticano era evidente e o terceiro gol surgiu de falha na saída de bola do Villa. O defensor cobrou falta rapidamente, mas a bola foi parar nos pés de Robinho, que finalizou com categoria, por cobertura, fazendo um belo gol: Galo 3 a 0

Aos 30 minutos, Marcos Rocha cruzou pela direita, a bola desviou na zaga e quase enganou o goleiro, que conseguiu se recuperar e fazer a defesa. Cinco minutos mais tarde, Marcos Rocha cobrou falta e exigiu grande defesa de Thiago Leal.

Clayton recebeu grande passe de Robinho, aos 40 minutos, e chutou forte para a defesa de Thiago Leal. O goleiro do Villa também interceptou, logo depois, cruzamento de Lucas Pratto pela direita.

Robinho cobrou falta pela esquerda, aos 43 minutos, a bola desviou na cabeça de Rafael Morisco e foi direto para o gol: Galo 4 a 0.

12920258_10154049693587552_8641122146486165624_n

SEGUNDO TEMPO

O Atlético voltou do intervalo com a mesma formação da etapa inicial. Aos cinco minutos, Júnior Urso cruzou pela esquerda, Robinho cabeceou e a bola desviou na zaga, saindo pela linha de fundo. O próprio Robinho fez a cobrança e o goleiro Thiago Leal conseguiu afastar o perigo.

Soares diminuiu para o Villa Nova aos seis minutos: 4 a 1. Dois minutos depois, o árbitro marcou pênalti de Leonardo Silva em Roger Guerreiro. Mancini cobrou e fez o segundo do Villa Nova: 4 a 2.

Aos dez minutos, Marcos Rocha cobrou lateral pela direita e a bola sobrou para Robinho finalizar e fazer o quinto gol atleticano: Galo 5 a 2.

O Alvinegro seguiu dominando a partida e, aos 16 minutos, após ótima troca de passes Lucas Pratto concluiu para a defesa de Thiago Leal. Marcos Rocha sofreu pênalti de Antônio Carlos no minuto seguinte, Lucas Pratto cobrou e marcou o sexto gol alvinegro: Galo 6 a 2.

O técnico Diego Aguirre promoveu duas mudanças no time, instantes depois do gol, substituindo Douglas Santos por Carlos César e Leonardo Silva por Edcarlos.

Com a saída de Leonardo Silva, Marcos Rocha passou a ser o capitão da equipe. Aos 26 minutos, Capixaba entrou no lugar de Clayton, fazendo sua estreia no time profissional.

Capixaba fez boa jogada pela direita, aos 33 minutos, e cruzou para Robinho, mas o atacante foi travado na hora da finalização. Aos 35, Capixaba arriscou de fora da área e Thiago Leal fez a defesa. Logo depois, Marcos Rocha cruzou pela direita e Robinho finalizou para fora.

Aos 38, Capixaba tentou tabela com Carlos César na entrada da área, a bola sobrou para Lucas Pratto e o argentino passou por dois marcadores antes de concluiu e fazer o sétimo gol: Galo 7 a 2. O Atlético ainda levou perigo no cruzamento rasteiro de Marcos Rocha, cortado pela zaga novalimense.

Na última rodada da fase classificatória do Estadual, o Atlético enfrenta o Tricordiano, às 16h do próximo domingo, na Arena Independência. Antes, o Galo irá ao Equador para enfrentar o Independiente del Valle, quarta-feira, pela 5ª rodada da fase de grupos da Copa Bridgestone Libertadores da América.

FICHA TÉCNICA
VILLA NOVA 2 x 7 ATLÉTICO

Villa Nova: Thiago Leal; Tiago Baiano; Thiagão, Rafael Morisco e Antônio Carlos; Luis Felipe, Marielson (Jhonatas), Mancini e Thiago Silvy (Roger Guerreiro); Soares e Fábio Júnior. Técnico:Wilson Gottardo.

Atlético: Uilson; Marcos Rocha, Leonardo Silva (Edcarlos), Tiago e Douglas Santos (Carlos César); Rafael Carioca, Leandro Donizete e Júnior Urso; Robinho, Clayton (Capixaba) e Lucas Pratto. Técnico: Diego Aguirre.

Cartão amarelo: Clayton, Lucas Pratto, Leandro Donizete (Atlético); Tiago Baiano, Rafael Morisco, Soares (Villa Nova).
Gols: Júnior Urso, Robinho (3), Rafael Morisco (contra) e Lucas Pratto (2) (Atlético); Soares e Mancini (Villa Nova).

Motivo: Campeonato Mineiro – 10ª rodada
Data: 2/4/2016
Hora: 16h
Estádio: Mineirão
Árbitro: Igor Júnio Benevenuto (Asp. Fifa/MG)
Auxiliares:  Celso Luiz da Silva (CBF/MG) e Sidmar dos Santos Meurer (CBF/MG)

 

Comentários