Cruzeiro empata sem gols com URT

Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Empurrado pela torcida, o Cruzeiro pressionou, criou algumas chances, mas não conseguiu superar o bloqueio defensivo da URT e acabou empatando sem gols com o rival de Patos de Minas. A partida, válida pela primeira rodada do Campeonato Mineiro, foi realizada no Mineirão, em Belo Horizonte.

Sob o comando do técnico Deivid, a equipe estrelada atuou de maneira segura e deteve a posse da bola na maior parte do tempo. Os principais lances da Raposa foram protagonizados por Willian e Alisson. O atacante acertou o travessão em cobrança de falta, aos 28 minutos do primeiro tempo, enquanto o armador concluiu de cabeça, também na trave, aos sete minutos da etapa complementar.

Depois desse empate, o Cruzeiro já se reapresenta às 16h desta segunda-feira, na Toca II, onde dará início à preparação para o seu próximo compromisso pelo Mineiro. Na quarta-feira, às 19h30, o Clube Azul enfrentará o Tombense, no estádio Soares de Azevedo, em Muriaé-MG.

Fotos: Washington Alves/Light Press

O jogo

Os primeiros 15 minutos foram marcados pelo equilíbrio entre as agremiações, que não deram trabalho algum para ambos os goleiros. A primeira finalização da tarde aconteceu com Alisson, que arriscou de fora da área, sobre o gol, aos 17 minutos. Na sequência, a URT respondeu em arremate perigoso efetuado por Gabriel Davis. Logo no minuto seguinte, o Cruzeiro chegou outra vez com Arrascaeta, que chutou para boa defesa de Follmann.

Após a criação dessas oportunidades, o embate ganhou novo ritmo. Aos 21 minutos, Mayke foi à linha de fundo e cruzou na cabeça de Willian, que testou para excelente intervenção do arqueiro visitante. Posteriormente, o atacante estrelado voltou a aparecer, em ótima cobrança de falta, que acertou o travessão da esquadra de Patos de Minas.

Aos 32 minutos, o árbitro Gabriel Murta Marciel paralisou o combate para os atletas se hidratarem, devido ao forte calor que fazia na capital mineira. Depois da paralização, a intensidade das agremiações foram diminuídas e nenhum outro lance agudo foi criado.

2º tempo

Na segunda etapa, a Raposa passou a usar mais as laterais do campo e levar perigo à URT. Aos sete minutos, Henrique recebeu pela ponta esquerda e cruzou de forma certeira para Alisson. O armador cruzeirense finalizou no cantinho, de cabeça, obrigando Follmann a se esticar todo para espalmar a bola, que ainda pegou na trave.

Mandante do jogo, o Cruzeiro trocava passes e procurava uma brecha na marcação da equipe comandada pelo técnico Ademir Fonseca, que se fechava cada vez mais para apostar nos contra-ataques.

Aos 18 minutos, Deivid efetuou três alterações de uma só vez. Arrascaeta, Alisson e Wiilian saíram para as entradas de Gabriel Xavier, Sánchez Miño e Douglas Coutinho. Apesar das mudanças, quem assustou foi a URT, aos 23 minutos, quando Alexsandro entrou na área e dividiu com Fábio.

A Raposa insistia para abrir o placar, mas não conseguia ultrapassar o bloqueio armado pela outra equipe mineira. Aos 35 minutos, Fabrício fez jogada individual e deu bom passe para Marcos Vinicius. O meia-atacante passou pelo marcador e cruzou rasteiro, mas não apareceu ninguém para completar a jogada.

A última chance cruzeirense aconteceu aos 43 minutos, quando Ariel Cabral recebeu de Sánchez Miño, deu um drible de corpo no zagueiro e chutou forte de perna esquerda. Follmann espalmou para escanteio. Fim de jogo no Mineirão: Cruzeiro 0 x 0 URT.

CRUZEIRO 0 X 0 URT

Cruzeiro: Fábio; Mayke, Dedé, Manoel e Fabrício; Henrique, Ariel Cabral, Marcos Vinícius, Arrascaeta (Gabriel Xavier) e Alisson (Sánchez Miño); Willian (Douglas Coutinho). Técnico: Deivid

URT: Follmann; Alex Murici (Pierre), Mauro Viana, Robinho e Fabinho; Leandro, Ramos, Carlos Magno (Kelvin) e Gabriel Davis; Baloteli e Fábio Santos (Alexsandro). Técnico: Ademir Fonseca

Motivo: 1ª rodada do Campeonato Mineiro
Data: 31/01/2016 (domingo)
Local: Mineirão, Belo Horizonte-MG
Árbitro: Gabriel Murta Maciel
Assistentes: Pablo Almeida Costa e Magno Arantes Lira
Público: 15.397
Renda: R$ 428.073,00
Cartões amarelos: Fabrício (Cruzeiro); Fábio Santos e Balotelli (URT)

Fonte: Site do Cruzeiro

Comentários