Djalma Rodrigues deixa a presidência do Social

O presidente do Social Futebol Clube, Djalma Rodrigues, se reuniu nessa terça-feira com conselheiros e a diretoria do clube e anunciou o afastamento do cargo. Segundo a assessoria de comunicação do Social, Djalma alegou problemas de saúde para deixar a presidência do time. O então presidente Socialino está no segundo mandato à frente do Saci e este é o último ano na presidência.

Quem assume interinamente, é o vice-presidente do clube, Antônio Eugênio. O novo presidente é empresário no Vale do Aço, e já foi vice-prefeito de Coronel Fabriciano.

Mesmo que de forma interina, o novo presidente se reuniu nessa terça-feira (1/3), com os jogadores e comissão técnica, para conversar sobre o atual momento do clube. A reunião durou cerca de uma hora. “Foi uma surpresa para toda a diretoria do social. Mas como vice-presidente, eu assumo este compromisso de dar continuidade aos trabalhos desenvolvidos no Social”, pontuou.

O novo presidente se reuniu com Djalma para tomar conhecimento das finanças e dos projetos do clube e a partir de agora irá fazer uma avaliação do que pode ser feito em prol do clube. “Foi uma decisão rápida, por motivo de saúde o Djalma se afastou. Então agora vamos nos inteirar da situação do clube e tomar as decisões necessárias para que o Social volte a elite do futebol mineiro”, finalizou Antônio Eugênio.

Uma coletiva de imprensa está marcada para esta quarta-feira (02), às 16h, no estádio Louis Ensch, em Coronel Fabriciano, com a presença do novo presidente interino e também de toda a diretoria.

O Social volta a campo no próximo sábado (05), às 16h, no estádio Louis Ensch, quando enfrenta o Ipatinga. O mando de jogo será da equipe de Coronel Fabriciano.

Comentários