Escolas Nilza e Lanari Jr. são eliminadas dos JEI após briga generalizada

As Escolas Estaduais Nilza Luzia de Souza Butta e Engenheiro Amaro Lanari Júnior foram eliminadas dos Jogos Escolares de Ipatinga (JEI), no Futsal Módulo C deste ano e suspensa do ano de 2017. A punição tem caráter disciplinar, pois os alunos das escolas se envolveram em uma briga generalizada, na última semana, em uma partida de futsal.

A partida, disputada no Ginásio Ely Amâncio, tinha tudo para ser um grande jogo, pois as duas equipes vinham de grandes vitórias e brigavam por uma vaga na semifinal. Porém, em um momento da partida, um jogador do Lanari Jr. tentou agredir um atleta adversário, o que gerou o tumulto. Os professores tentaram separar a briga, que se estendeu com invasão da quadra, e não foi possível controlar.

Conforme regulamento, as escolas que se envolvem em brigas, são punidas com a eliminação da categoria na competição do ano corrente e suspensa no ano seguinte, para que o fato não volte a acontecer e sirva de exemplo para outras escolas.

Diante do acontecimento, a organização dos JEI proibiu a presença dos alunos e torcedores nas arquibancadas, em todos os jogos.

Com a eliminação das duas escolas na competição, o Canuta, que seria o adversário de uma das equipes na semifinal, garantiu vaga na final e enfrentará o vencedor do confronto entre Geraldo Gomes e Laura Xavier, que será realizado nesta quinta-feira, às 8h, no Ginásio Ely Amâncio.

Confira abaixo o vídeo, que mostra parte da confusão.

 

Comentários