Galo vence Libertad e assume liderança na Libertadores

Robinho abriu o marcador na vitória atleticana. Foto: Bruno Cantini / Atlético

O Galo retomou a liderança do Grupo 6 da Conmebol Libertadores Bridgestone ao vencer o Libertad por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, na Arena Independência, em Belo Horizonte, pela 4ª rodada do grupo 6. Robinho e Cazares foram os artilheiros da noite no Horto.

Com o resultado, o Galo chegou a sete pontos, superando o Godoy Cruz no saldo de gols. Nesta quinta-feira, ainda pela 4ª rodada, a equipe argentina enfrentará o Sport Boys, na Bolívia.

Na próxima rodada da Libertadores, o adversário será o Sport Boys, na próxima quarta-feira (3/5), na Bolívia. Antes, domingo, o Galo disputará o primeiro clássico da decisão do Campeonato Mineiro, às 16h, no Mineirão.

A vitória sobre a equipe paraguaia ampliou para dez jogos a invencibilidade atleticana como mandante em confrontos pela Libertadores e foi a sétima seguida em casa, em partidas válidas pela competição continental.

O JOGO
O Atlético tentou o primeiro ataque em lance na entrada da área pela direita, entre Robinho, Marcos Rocha e Fred, que errou a tentativa de passe de calcanhar.

Aos dois minutos, Fábio Santos cruzou pela esquerda e a defesa paraguaia tirou para a lateral do campo. Otero pegou a sobra de bola, fez o cruzamento após dar belo drible e a zaga cortou novamente. O lance ainda continuou com Marcos Rocha, que arriscou de fora da área, por cima do gol.

A equipe visitante ameaçou em cobrança de falta de Medina, defendida por Victor.

Aos dez minutos, Robinho avançou pela esquerda e sofreu falta perto da área. Otero cobrou com força, o goleiro rebateu e Fred concluiu para fora.

A pressão atleticana foi aumentando e o Galo teve falta a seu favor pela direita, após cruzamento de Marcos Rocha e toque de mão do defensor paraguaio. Otero fez o levantamento para a área e a zaga do Libertad afastou o perigo.

Marcos Rocha sofreu falta aos 19 minutos, Otero cobrou e a bola atravessou a área. No ataque seguinte, Robinho tentou enfiada de bola para Fred, na entrada da área, mas o passe rasteiro foi interceptado.

Otero sofreu falta pela direita aos 25 minutos, ele mesmo levantou a bola na área e o zagueiro fez o corte pelo alto. Dois minutos mais tarde, Rafael Carioca arriscou de longa distância, sobre o gol.

Depois de boa troa de passes, Marcos Rocha cruzou rasteiro pela direita e a defesa cortou parcialmente, Rafael Carioca pegou a sobra e finalizou por cima. A jogada seguinte foi bem parecida, com outra boa triangulação, novo cruzamento de Rocha e mais um corte da defesa.

O Galo seguiu sufocando o adversário e, aos 33, foi a vez de Elias chutar de fora da área, levando perigo ao gol paraguaio. Maicosuel também tentou chute de fora da área e a bola explodiu no zagueiro.

Pouco depois, Maicosuel tentou tabela com Fred na grande área pela esquerda, mas a devolução do atacante ficou mais para o goleiro. Aos 43, Robinho sofreu falta na intermediária e a cobrança de Otero explodiu no travessão.

SEGUNDO TEMPO
O Galo voltou do intervalo com a mesma formação e teve boa chance logo aos dois minutos, quando Elias avançou pela direita, se livrou do marcador com uma caneta e cruzou para Fred, mas a bola saiu com muita força e o artilheiro não conseguiu alcança-la.

Maicosuel cruzou pela esquerda, a bola desviou no zagueiro e quase enganou o goleiro, que conseguiu fazer a defesa. O Atlético também esteve perto de abrir o placar no cabeceio de Leonardo Silva foi defendido pelo goleiro.

Aos 12 minutos, Fábio Santos tabelou com Robinho pela esquerda, cruzou e a bola atravessou a grande área. Cinco minutos depois, Rafael Moura entrou no lugar de Otero. Em seguida, Victor fez grande defesa na finalização de Aquino.

Robinho arriscou de fora da área, aos 22 minutos, e a bola saiu à esquerda do gol. Aos 24, Marcos Rocha cruzou na segunda trave e Rafael Moura não conseguiu alcançar para fazer o cabeceio.

Aos 26 minutos, Fred recebeu de Maicosuel, fez o pivô e tocou para Robinho chutar cruzado e abrir o placar no Horto: Galo 1 x 0.

Depois do gol, Robinho foi substituído por Cazares. Aos 32 minutos, Fred recebeu de Cazares, limpou seu marcador e chutou para fora, rente à trave. Aos 34, Maicosuel foi substituído por Adilson.

Rafael Moura arriscou de longe aos 39 minutos e a bola saiu por cima do gol. Na jogada seguinte, Elias tabelou com Fred e tentou encontrar Rafael Moura, mas o passe foi interceptado pelo goleiro.

Aos 43, Fred cruzou rasteiro, Rafael Moura finalizou e o goleiro defendeu, Cazares pegou o rebote e tocou no canto para fazer Galo 2 x 0.

Victor fez grande defesa no arremate de Salcedo, aos 45 minutos, garantindo a vitória por 2 a 0 e a liderança do Grupo 6 da Libertadores.

O Galo ainda quase fez o terceiro com Rafael Carioca, aos 48, mas o goleiro impediu o gol do volante atleticano e, na sequência do lance, Elias tentou encontrar Fred, mas errou o passe.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO 2 x 0 LIBERTAD
Motivo:
Conmebol Libertadores Bridgestone (Grupo 6 – 3ª rodada)
Data: 26/04/2017
Hora: 19h30
Estádio: Arena Independência
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Público: 18.838
Renda: R$1.226.125,00
Gols: Robinho (26’ – 2ºT), Cazares (43’ – 2ºT)
Árbitro:  Wilson Lamouroux (COL)
Auxiliares: Eduardo Diaz (COL) e John Alexander Leon (COL)
Cartões amarelos:
Rafael Carioca, Fred (Atlético); Sergio Aquino, Ángel Lucena, Rodrigo Muñoz (Libertad)

Libertad: Rodrigo Muñoz; Alan Benítez, Luis Cardozo, Alcaraz e Candia; Néstor Giménez (Antônio Bareiro), Iván Ramírez (Cañete), Sergio Aquino e Ángel Lucena; Jesús Medina e Santiago Salcedo. Técnico: Fernando Jubero.

Atlético: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca, Elias, Otero (Rafael Moura) e Maicosuel; Robinho (Cazares) e Fred. Técnico: Roger Machado.

Comentários