Iguaçu domina a partida, mas fica no empate com o Vila Celeste na final do Sub-17


Iguaçu criou mais oportunidades, porém não conseguiu balançar as redes do adversário. Fotos: Igor Reis/Vale do Aço Esportes

A tarde desse domingo (23) foi movimentada no campo do Canaã. Após o jogo do Sub-15, entre Benfica e Vila Celeste, foi a vez de Iguaçu e Vila Celeste entrarem em campo, pelo jogo de ida da final do Sub-17 do Ipatinguense. Apesar de várias oportunidades, o placar não saiu do zero.

A partida começou bem movimentada, digna de uma final de competição. A primeira boa oportunidade do jogo foi criada pelo Vila Celeste, do técnico Sincero Coelho. O atacante Di recebeu bola e finalizou para fora.

Após o lance, o Iguaçu, comandado por Fabrício Israel, se encaixou na partida e passou a dominar o jogo. A equipe criava boas oportunidades, porém pecava no momento da finalização. Quando não finalizava para fora, a bola ficava nas mãos do goleiro Mário.

Na etapa final, após algumas substituições, o Iguaçu passou a fazer meio campo com o time do Vila Celeste. O time alviceleste por sua vez explorava as jogadas de contra-ataque nas saídas de bola do grená.

As grandes chances do Iguaçu foram protagonizadas por Guilherme, que entrou na segunda etapa. Porém o goleiro Mário, realizou ótimas defesas evitando o gol.

Com o empate, a decisão do título fica em aberto. A equipe que vencer o jogo de volta da final do Sub-17, no Ipatingão, levantará a taça de campeão.

Em caso de novo empate, o campeão será conhecido através das penalidades máximas. O horário da partida da finalíssima será divulgado pela entidade organizadora, no decorrer da semana.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Comentários