Ipatinga vence Democrata-SL e assume vice-liderança da Segundona do Mineiro

Paulo Henrique foi mais uma vez decisivo para o Ipatinga. Fotos: Igor Reis/Vale do Aço Esportes

O estádio Ipatingão foi palco de mais um grande jogo pela 2ª Divisão do Campeonato Mineiro. O Ipatinga recebeu o Democrata, de Sete Lagoas, na tarde deste sábado (19), para a partida da 5ª rodada da competição. E empurrado por sua torcida, que compareceu em peso, o Tigre venceu os visitantes por 2 a 1. Paulo Henrique marcou os gols quadricolor, enquanto Carciano descontou para o Democrata.

O Jogo
Os mais de 3400 torcedores que compareceram no Ipatingão empurraram o time desde os primeiros minutos de partida. As primeiras ofensivas do jogo foram pelo lado alvirrubro. O Ipatinga chegou à meta adversária aos 11 minutos, após jogada de Luizinho, pela direita.

A primeira jogada de perigo da partida foi aos 16 min. Guilherme recebeu bola no campo de defesa, arrancou em velocidade pela direita até a grande área. Na tentativa de escapar da marcação, o camisa 10 do Democrata arriscou o chute de fora da área e a bola passou à esquerda de Kaiky.

Três minutos depois as arquibancadas voltaram a vibrar com mais intensidade. Após jogada pela esquerda, Daniel cruzou bola na área e encontrou Paulo Henrique. O camisa 9 do Tigre dominou a bola e chutou para o fundo da rede de Ranule: 1 a 0 Tigrão de Aço.

Aos 20, quase o segundo gol do Ipatinga. Kanu roubou bola na direita e saiu cara a cara com Ranule. Porém o goleiro do Democrata conseguiu afastar o perigo.

Aos 27 minutos, Kaiky evitou o gol de empate do Democrata. Vander Jr. cruzou bola na área e o zagueiro Carciano cabeceou. O goleiro ipatinguense se esticou e fez uma bela defesa.

A frente do placar, o Tigre aproveitava as brechas da defesa adversária para criar suas jogadas, explorando mais os contra-ataques.

Na reta final de jogo, quase um gol contra do Tigre. Ricardo Luz cruzou bola rasteira na área e Ulisses, na tentativa de cortar o cruzamento, quase mandou contra a própria mete. Porém, Kaiky atento no jogo evitou o gol.

Segundo tempo
Na etapa final, o Tigre continuou solto na partida e buscava o segundo gol, para dar mais tranquilidade ao time. Luizinho e Paulo Henrique criavam as principais jogadas ofensivas do Ipatinga.

Torcida compareceu em bom número no Ipatingão. Foto: Igor Reis

Porém, a falta de um especialista em armar as jogadas, dificultava as chances do Tigre aumentar o placar. A equipe perdia muitas bolas nas saídas pelo meio de campo.

Aos 19 minutos, o castigo. Júlio cometeu falta sobre Ranielle. O árbitro Leonardo Prado amarelou o lateral Ipatinguense, que discutia com o lateral adversário. O camisa 6 do Democrata, no momento da discussão deu uma cabeçada em Júlio e levou apenas o cartão amarelo. Ficando barato para o jogador.

Na cobrança da falta, Vander Jr. cruzou e Carciano subiu mais alto que a defesa e cabeceou para o fundo do gol, empatando a partida: 1 a 1.

Como o empate dentro de casa não era bom para o Tigre, o técnico Wantuil Rodrigues mandou o time para cima. Aos 39 min, Márcio Gabriel mandou uma bola na área e o goleiro Ranule fez grande defesa evitando o gol do Ipatinga.

A pressão da equipe ipatinguense foi tanta, que o gol saiu nos acréscimos. Aos 47, Arnold recebeu bola na esquerda, fez um belo cruzamento na área para Marcelo. O camisa 20 dominou e tocou para Paulo Henrique, que estava na entrada da área. O artilheiro do campeonato não perdoou e mandou um belo chute na direção do gol. A bola desviou no caminho e morreu no fundo da rede, garantindo a vitória do Ipatinga: 2 a 1.

Na comemoração, Fumaça, que estava no banco de reservas, se extrapolou ao vibrar com o gol e deu um chute na bandeira de escanteio. O árbitro viu e amarelou o jogador. Como já tinha amarelo, o volante foi expulso de jogo.

No minuto seguinte, mais uma expulsão. Agora no Democrata. Após se recusar sair de campo depois de atendimento médico, Guilherme mandou o árbitro tomar em um lugar impróprio e foi expulso de jogo.

O jogo foi até os 52 minutos e a festa na arquibancada continuava bonita, com o torcedor cantando e pedindo o fim do jogo. Quando a partida foi encerrada, o torcedor continuou cantando e aplaudindo a equipe.

FICHA TÉCNICA
IPATINGA 2 X 1 DEMOCRATA-SL

IPATINGA: Kaiky; Júlio, João Carlos, Ulisses e Arnold; Denílson, Fumaça (Paulinho), Kanu (Marcelo) e Luizinho, Daniel (Márcio Gabriel) e Paulo Henrique. Técnico: Wantuil Rodrigues.

DEMOCRATA-SL: Raniele; Ricardo Luz, Elder, Carciano e Ranielle; Rafael Rodrigues, Matheus Gonzaga (Raphael), Baianinho (Thiago) e Guilherme; Rodrigo Dias e Vander Júnior. Técnico: Fred Incalado.

Gols: Paulo Henrique (2) e Carciano (Democrata)
Cartões amarelos: Kanu, Kaiky, Júlio, Paulo Henrique e Marcelo (Ipatinga). Ranielle e Rodrigo (Democrata)
Cartões vermelhos: Fumaça (Ipatinga) e Guilherme (Democrata)

Motivo: 5ª rodada da 2ª Divisão do Campeonato Mineiro
Local: Ipatingão
Data: 19/08/2017
Horário: 16h
Árbitro: Leonardo Prado Neves Silva.
Assistentes: Felipe Souza Leal e Bernardo de Souza Pádua.
Público pagante: 3.340 pessoas
Público total: 3.650 pessoas
Renda:  R$ 28.400,00

Este slideshow necessita de JavaScript.

Comentários