Legislativo aprova repasse de até R$100 mil ao Social FC

Presidente Xingozinho (centro) classificou como republicana postura do Prefeito Dr. Marcos Vinícius no trato com o repasse ao clube. Foto: CMCF

Os vereadores de Coronel Fabriciano aprovaram por unanimidade na tarde desta terça-feira (07), em reunião extraordinária da Câmara, a celebração de convênio entre o Poder Executivo local e o Social Futebol Clube. Com a medida, a administração municipal fica autorizada a repassar R$ 80 mil à agremiação fabricianense para custeio de despesas referentes à sua participação no Módulo II do Campeonato Mineiro, com início previsto para este mês e que classifica campeão e vice à elite do Estadual no próximo ano.

A Sessão Extraordinária foi convocada pelo Presidente do Legislativo, vereador Leandro Xingó, o Xingozinho (PSD), que justificou a aprovação do Projeto de Lei, nº 2.767/2017, de autoria do Executivo. “Recebemos um comunicado do presidente do Social FC (Chico Simões) solicitando à CMCF o apoio quanto à aprovação do referido repasse ao clube. Conforme temos pautado nosso mandato, fizemos esse diálogo em nome da Casa Legislativa com o Prefeito, Dr. Marcos Vinícius (PSDB), que já estava pronto a ajudar o Social nessa disputa estadual. Chamamos então a reunião extraordinária onde aprovamos a proposição de forma unânime, esperando que o clube alcance o desejado acesso à Série A do Mineiro, edição 2018”, frisou Xingozinho. “Entendemos que, independentemente de coloração partidária, o Social leva o nome de Coronel Fabriciano a outras localidades e está acima de nós, políticos”, acrescentou.

Segundo a matéria, o recurso financeiro será feito em parcela única. O PL também prevê a autorização de repasse-reforço no valor de R$ 20 mil ao clube, caso a equipe se classifique à próxima etapa do Módulo II, denominada Hexagonal Final.

A estreia do time alvinegro na competição está marcada para o próximo dia 18, às 11h, contra o Tupynambás, em Juiz de Fora.

Contrapartidas
“O Social FC deverá prestar contas parcialmente dos recursos recebidos durante a vigência do convênio em questão, mês a mês, a todo 20º dia útil, sendo que a prestação de contas final deverá ser realizada em até 30 dias após o vencimento desse convênio, constando assim os recibos, as notas fiscais e outros documentos comprobatórios da utilização dos repasses”, informou Xingozinho.

Outra condição estabelecida no convênio determina que o clube disponibilize “20% das vagas existentes em sua escolinha de futebol às crianças da cidade em situação de hipossuficiência”, por meio de informações levantadas pelas Secretarias de Governança da Cidadania do Futuro, Educacional e de Governança Social.

“O Estádio Dr. Louis Ensch, o Luisão, campo do Social, deverá ser cedido à Administração Municipal, como parte do convênio, para a realização de eventos públicos, mediante solicitação com antecedência mínima de 20 dias e justificativa de finalidade”, concluiu o Chefe do Legislativo.

Elogio
O Presidente Xingozinho ainda enalteceu a postura do Prefeito Dr. Marcos Vinícius no trato com a destinação de recursos públicos ao Social FC, classificando-a como republicana. “Jamais a agremiação havia recebido do Município cerca de R$ 100 mil em valores totais para a disputa do Módulo II do Mineiro. O Dr. Marcos Vinícius não levou em consideração questões políticas. Ao contrário. Pensou na cidade, no bem comum que o clube proporciona à nossa população, e esse gesto dele, enquanto gestor público, tem que ser destacado, ou seja, temos um Prefeito que governa para os interesses de Coronel Fabriciano”, concluiu.

Comentários