Para Roger Machado, jogadores se doaram ao máximo


Foto: Bruno Cantini / Atlético

O técnico Roger Machado elogiou o empenho da equipe no clássico desse sábado, no Mineirão, pelo Campeonato Mineiro. Segundo ele, o resultado negativo não aconteceu por falta de garra, uma vez que os atletas se doaram ao máximo dentro de campo.

“Clássico é um jogo forte e intenso em todos os lugares, não foi falta de intensidade ou doação na partida. Intensidade, doação é você estar consciente e organizado para fazer as coisas que você se propõe dentro do jogo. Intensidade sempre há. Talvez, se tivéssemos empatado o jogo, estaríamos falando em outro prisma. A gente sabe que o torcedor quer que os atletas sempre se doem ao máximo e os jogadores estão extenuados dentro do vestiário porque correram com um a menos e mantiveram acesa a chama de poder empatar o jogo até o final. Para mim, isso e doação, isso é entrega”, analisou o treinador atleticano.

Para Roger Machado, é preciso ter discernimento para saber analisar o jogo e não transformar a derrota em algo maior do que ela realmente é. “Com um a menos, a gente teve um desgaste grande, uma doação coletiva muito grande e, em um lance de impedimento, por pouco, a gente não empata o jogo, o que seria de forma muito especial nesse clássico. Da forma como a partida se transcorreu e, principalmente, como ela acabou, nos dá elementos suficientes para entender que foi uma derrota em condições circunstanciais, equívocos, principalmente no primeiro tempo, que nos tiraram força para conseguir reagir. Temos que dar o peso adequado. Claro que a gente queria vencer, mas haverá outras oportunidades na frente e vai ser diferente”, completou o comandante alvinegro.

Comentários