Presidente do Social busca apoio da prefeitura de Coronel Fabriciano para a disputa do Módulo II


Segundo Chico Simões, "Social é um patrimônio da cidade". Foto: Igor Reis/Vale do Aço Esportes

A diretoria do Social Futebol Clube oficializou nesta semana um pedido de apoio financeiro à administração municipal de Coronel Fabriciano, para ajudar nas custas do clube na disputa do Módulo II do Campeonato Mineiro. .

A ajuda solicitada pelo clube é por um repasse anual, que no último ano foi de R$ 80 mil. “Enviamos um ofício ao chefe do executivo, Dr. Marcos Vinícius, explicando a importância deste repasse ao Social. Já temos o apoio generoso de vários empresários da nossa região e somado a isso, creio que teremos o apoio da administração pública”, comentou o presidente do Saci, Chico Simões.

Segundo o presidente, que durante a campanha majoritária para prefeitura da cidade esteve do lado oposto a atual administração, o Social está acima de qualquer bandeira ideológica. “A maior prova disso, que o Social não carrega bandeira ideológica é que por 20 anos, o clube recebeu apoio da administração e nunca, os prefeitos que ajudaram, perguntaram ao presidente em exercício, qual era sua bandeira”, disse Chico Simões.

Confiando no patrocínio da administração pública municipal, o clube também enviou um ofício ao Presidente da Câmara de Municipal, vereador Xingozinho, para que o Legislativo fabricianense possa votar o Projeto de Lei com pedido de autorização para o patrocínio. Para, assim que aprovado, o clube utilize os recursos nas despesas do competição.

O elenco socialino está treinando desde o dia 3 de janeiro. A estreia do time no Módulo II será no dia 19 de fevereiro, às 11h, contra o Tupynambás, em Juiz de Fora.

Comentários