São Francisco é campeão do Amador Acesitano


Na tarde desse domingo os times do São Francisco e São Cristóvão entraram em campo, no estádio José de Oliveira Freitas (Jucão), para a disputa do título do Campeonato Amador Acesitano. Em uma partida bem disputada, o São Francisco venceu o duelo dos Santos, fazendo 2 a 1 sobre o Alvinegro Calhambeque e levantando a taça de campeão. Com mais este título, o São Francisco chega a seu terceiro título do Amador Acesitano, todos conquistados nos últimos quatro campeonatos (2012, 2014 e 2016).

O JOGO
Logo nos primeiros minutos de jogo, o São Francisco se mostrou mais presente no campo de ataque. O time comando por Hudson Flávio, chegava mais ao ataque, em jogadas inciadas nos pés de Russo, porém a defesa do alvinegro calhambeque estava antenada na partida e afastava o perigo. A primeira chegada de perigo do São Cristóvão foi aos 11 minutos, em um cabeceio de Beto, que passou o gol de Bráulio.

Ainda no primeiro tempo, o São Francisco teve a oportunidade de abrir o placar. Russo cobrou falta pela esquerda, Patrick espalmou e logo depois a zaga afastou o perigo. No fim do primeiro tempo, Gustavo, o São Cristóvão, mandou uma bomba para o gol, mas a bola subiu e saiu pela linha de fundo.

No segundo tempo, com a ameaça do temporal que estava se formando, as arquibancadas que estavam lotadas começaram a se esvaziar. Mas, dentro de campo, a situação foi diferente. A chuva começou a cair, o jogo esquentou e os gols começaram a sair. Aos 17 minutos, o São Francisco inaugurou o marcador. Mateus Hernani, que entrou no lugar de Igor Maia, recebeu na entrada da área, dominou e chutou para a meta de Patrick, que nada pode fazer: 1 a 0 São Francisco.

Seis minutos depois, Everton recebeu bola dentro da área e concluiu para o gol, a bola ia entrando, mas Lucão salvou o São Cristóvão, tirando a bola em cima da linha. Porém, aos 30 minutos, não teve jeito, o São Francisco ampliou o placar. Mateus Hernani recebeu bola na área, se livrou da marcação e mandou para o gol: 2 a 0.

Aos 40, o São Cristóvão diminuiu o placar. Após, bate rebate dentro da área, a bola parou em uma poça de água e Beto aproveitou a chance e empurrou para o gol: 2 a 1. O São Francisco quase marcou o terceiro, após chute de Russo, Patrick fez boa defesa evitando o gol.

Com o resultado, o São Francisco garantiu o título do Campeonato Amador Acesitano de 2016, seu terceiro título nos quatro últimos anos.

Bombas
Infelizmente, o maior barulho que se ouvia nas arquibancadas eram de rojões e foguetes. Por muitas vezes, torcedores jogaram rojões no meio das arquibancadas e dentro de campo, sendo que quase atingiram um fotógrafo que estava fazendo cobertura do jogo. Muitas vezes foram flagrados utilizando também rojões de vara. Durante esses inúmeros acontecimentos, a partida foi paralisada apenas uma vez.

O São Francisco, do técnico Hudson Flávio, foi campeão jogando com: Bráulio; Clandeir, Ronílson, Vitão e De Pauler (Tikinho); Mateus Melo (kei), Russo, Binha, Igor Maia (Mateus Hernani), Everton (Diego) e Carlinhos (Max).

Já o São Cristóvão, comandado por Dênis Vital, jogou com: Patrick; Lucão, Clemente, Baiano (Clayberg) e Rafael (Juliano); Jair (Bruno), Gustavo (Luca Yan), Deoclécio (Juninho) e Tatá; William (Alex) e Beto.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Comentários