Técnicos da Usipa são convocados para as Olimpíadas do Rio Janeiro

O Comitê organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 comunicou oficialmente a convocação de dois técnicos da Usipa e outros três técnicos de atletismo ligados ao clube.

Os técnicos da Usipa, Sildemar Venâncio e Euzinete Reis representarão o clube e o Vale do Aço nas olimpíadas Rio 2016. Especialistas em Atletismo, os técnicos do clube tricolor atuarão como Oficial Técnico Nacional (NTO), ou seja, serão árbitros nas provas de Atletismo. Também foram convocados, Gaspar Teodoro de melo, Nely Regina Venâncio e Donita Meire Dias.

Referência no esporte, a Usipa afirma por meio do gerente de Esportes, Nilson Moura de Oliveira, ter ficado muito orgulhosa. “Estamos orgulhosos por estarmos presentes neste evento tão grandioso por meio dos nossos técnicos. É uma maneira de enaltecer e valorizar o trabalho realizado dentro do clube e, com certeza, nossos atletas também se sentem mais próximos das olimpíadas por conhecerem alguém que estará lá dentro”, declara Nilson Moura.

Os técnicos convocados seguem para o Rio de Janeiro no dia 09 de agosto e retornarão no dia 22 de agosto. Provavelmente, Sildemar irá atuar como árbitro em provas de saltos e Euzinete Reis em provas combinadas (heptatlo).

Rudney Dias

O atleta usipense Rudney Dias, especialista na prova de Marcha Atlética, lutou muito para conquistar uma vaga para as olimpíadas. Por diversas vezes o marchador esteve bem perto de realizar seu sonho e para isto treinou muito e superou seus limites e grandes obstáculos.

A última oportunidade para chegar às olimpíadas de 2016 foi no último fim de semana, durante o Troféu Brasil de Atletismo, realizado em São Bernardo do Campo/SP. Rudney iniciou bem a prova e chegou a fazer os primeiros quilômetros juntamente com o primeiro pelotão da prova, quando começou a sentir dores na posterior da coxa, resultado de um estiramento muscular, o que lhe impossibilitou de seguir em busca do seu objetivo, tomando a decisão que lhe pareceu mais sensata no momento e parou a prova.

“Hoje nada acabou, apenas adiamos a realização de um sonho. Continuo acreditando e tendo a certeza que tenho a capacidade de realizar esse objetivo. Agora começamos o trabalho rumo ao próximo ciclo olímpico”, afirma o atleta.

Comentários