Tokugawa de casa nova

Os atletas da Tokugawa Brasil estrearam os tatames da nova sede da academia, localizada na rua Castro Alves, 219, no bairro Cidade Nobre.  Agora, o novo local de treinos possui 200m² de dojô (tatames) e 400m² de área  total, banheiros coletivos e área de convivência para pais de alunos e visitantes.

A Tokugawa é especializada no ensino das artes marciais de Judô e Jiu-jitsu.  A equipe iniciou suas atividades em 1996, na antiga academia Olguin, no bairro Horto, e foi idealizada pelo professor faixa preta 3° Grau em Judô e 4° em Jiu-jitsu, Pablo D’ávila. Após 10 anos se mudaram para uma área em cima da Conexão, no Ipaminas, entretanto nos últimos meses, o espaço já estava ficando pequeno para o número de alunos e as atividades esportivas, principalmente, com o funcionamento do Projeto Social Tokugawa, que ensina a prática das modalidades para crianças e jovens em situação de risco social.

Para o professor Pablo D’ávila, a nova sede da Tokugawa marca um novo tempo na história da equipe. “Estamos em um processo evolutivo tanto na nossa filosofia de treinamento quanto em nosso espaço físico. Sabemos que a infraestrutura para o bom treinamento influi muito no resultado. Nós trabalhamos muito a questão da formação de caráter de nossos atletas. Digo isso porque fomos uns dos primeiros a ensinar a prática de Jiu-jitsu em Ipatinga e ajudamos a desmitificar a modalidade como algo que só formava brigões. Simplesmente juntamos a filosofia oriental baseado no respeito que o Judô proporciona, com a eficiência do Jiu-jitsu. Hoje estamos colhendo os resultados desse trabalho”, disse o sensei.

Nesses 20 anos de caminhada, a Tokugawa coleciona títulos importantes em seu currículo, que vão de competições regionais a internacionais, como mundiais e pan-americanos realizados pela Liga e Confederação Brasileira de Jiu-jitsu.

Foto: Hugo Siqueira

Comentários