Vila Celeste vence Benfica nos pênaltis e comemora título do Ipatinguense Infantil

Apos empatar sem gols nas duas partidas, Vila Celeste venceu o Benfica, nos pênaltis, por 4 a 2. Fotos: Igor Reis/Vale do Aço Esportes

Na manhã deste domingo foi realizado, no Ipatingão, o jogo que definiu o campeão do Campeonato Ipatinguense Infantil 2017. Após dois empates sem gols entre Vila Celeste e Benfica, a decisão do título foi para as penalidades máximas. Nos pênaltis, o Vila levou a melhor e venceu por 4 a 2. Resultado que garantiu o título para a equipe alviceleste.

As equipes entraram em campo na busca pela vitória, de modo a evitar as penalidades. Ambas as equipes tiveram oportunidades de inaugurar o placar.

O Benfica teve a oportunidade de abrir o marcador com Matheus Oliveira, que perdeu um gol feito. Pouco depois, o Vila Celeste também teve a chance de balançar a rede. Após bola na área, o goleiro Lukas soltou a bola e por pouco o Vila não marcou.

Na segunda etapa, o Vila Celeste foi para cima do adversário, que explorava nas jogadas de contra-ataque. As chances de gols das duas equipes foram poucas.

Na reta final da partida o Vila foi para cima, fazendo pressão, enquanto o Benfica só se defendia. A melhor chance do segundo tempo saiu dos pés de Gabriel Gonçalves, que acertou o travessão de Lukas, após um belo chute.

Com o empate sem gols e no placar agregado 0 a 0, a decisão foi para as penalidades máximas. Lá brilhou a estrela do goleiro Lucas Viana, que defendeu duas cobranças, garantindo o título ao Vila Celeste, que venceu por 4 a 2.

Além do título de campeão, o Vila levou os troféus de melhor defesa e artilheiro, com Adriano, que agora defende a equipe da Usipa, no Campeonato Mineiro.

Já o troféu de disciplina ficou com a equipe do União Esporte Clube.

A competição é patrocinada pela empresa Nippon Steel & Sumitomo Metal e tem o apoio da Prefeitura Municipal de Ipatinga.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Comentários